O que faz uma cidade? Como ela é ocupada e como é possível transformá-la? Essas foram as primeiras perguntas feitas ao grupo de jovens de 15 a 20 anos, participantes do Workshop Lugar: ver, fazer, ocupar, realizado em parceria com o Instituto Tomie Ohtake, o Museu da Cidade de São Paulo e a artista Bel Falleiros. Durante os encontros, as muitas respostas possíveis foram exploradas por meio de discussões, leituras e exercícios propostos pelas ruas do centro de São Paulo.

Os encontros partiram do Beco do Pinto, passagem histórica entre o Pátio do Colégio e a várzea do Tamanduateí, para conquistar os espaços públicos da região com derivas, jogos e performances elaboradas em conjunto. Como resultado das provocações sobre as maneiras de olhar e fazer a cidade, o grupo elaborou um projeto para ocupação do Parque Dom Pedro II, que funcionou durante um dia de intenso movimento na região, estendendo suas descobertas às pessoas que transitavam.

Uma exposição contando sobre todo o processo do Workshp foi elaborada pelos participantes no espaço educativo do Instituto Tomie Ohtake, ao final da experiência.

Ano:         

2016 

Local:

São Paulo – sp

PARCEIROS:

Instituto Tomie Ohtake

Museu da Cidade de São Paulo 

Bel Falleiros

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *